Blog

Como melhorar as conversões com um site que vende

Melhorar Conversões no e-Commerce
Empreendedorismo Digital Marketing Digital

Como melhorar as conversões com um site que vende

Quando você vai lançar o seu site, especialmente de #ComércioEletrônico, você deve pensar bastante sobre os processadores (gateways) de pagamento que irá usar, qual plataforma de eCommerce é melhor para sua loja, e que outras ferramentas você precisa para começar seu negócio, tais como certificado SSL e outras medidas de segurança. No entanto, muitas vezes as empresas perdem dinheiro; pecam na gestão do negócio, em direcionar tráfego para o site, e em como tornar o site mais eficiente e eficaz para as pessoas que estão visitando-o.

Em vez de deixar seus clientes em potencial flutuando, há alguns ponto a considerar, aprimorando seu site ou fazendo pequenas alteração que, comprovadamente, aumentar as taxas de conversão e ajudam você a aumentar o tráfego que você já tem.

Neste artigo vamos falar principalmente sobre #eCommerce, e como melhorar as conversões com um site que vende.

Melhorar Conversões com eCommerce

#1. Responda “Por quê?” antes de “Como?

Se eu tentasse lhe vender um fone de ouvido, mostrando o que cada característica faz e como utilizá-lo, ao invés de dizer a você por que esse fone é o melhor para você, eu provavelmente teria muito mais dificuldade para vendê-lo à você. No entanto, muitas vezes, escrevemos todas as características do nosso produto e como usá-lo, simplesmente porque isso é mais fácil para nós. Nós usamos o produto, para mostrar-lhe como usá-lo.

Isso não é o que os clientes se preocupam inicialmente! Tenha em mente a primeira regra da venda: “Como você pode resolver a dor, problema ou situação do cliente?“. Eles têm uma dor, então diga-lhes porque eles precisam do que você têm.

Isso nos leva ao próximo ponto…

#2. Fale mais sobre benefícios do que características

Quando um cliente compra seu produto, o que ele realmente quer é o melhor deles ou uma vida melhor, não necessariamente um produto.

[Tweet “Use o óculos do seu cliente para enxergar o seu site.”]

Veja pelo ponto de vista do cliente – seus valores e necessidades e melhor estilo de vida que resultará da compra, para direcionar seu conteúdo (copy, imagens, páginas de produtos, etc).

Será que estes fones de ouvido vão bloquear todo ruído em torno de mim? Mostre-me uma foto de alguém com aparência pacífica, usando os fones, em meio ao caos. Venda-me os benefícios que vão começar depois de bloquear todo o ruído externo. Conte-me sobre como posso dormir, enquanto as crianças apavoram ao redor. Venda-me a vida que eu quero, e não o seu produto.

#3. As imagens são importantes

Se possível, limite o texto/copy – menos é mais. Quando você escrever a descrição do seu produto, volte atrás e mude todas as características para uma frase sobre como isso torna a vida do cliente incrível. Em seguida, corte 30% do seu copy que é irrelevante. Há sempre algo que pode cortar.

Nas sábias palavras de Mark Twain: “Eu não tinha tempo para escrever uma carta curta, então escrevi uma longa no lugar”. Aproveite o tempo para ser sucinto e eficaz. Se você quer quer os clientes leiam, então não perca seu tempo.

Se você estiver vendendo produtos físicos, tenha boas imagens e vários vídeos deles, se possível. Confira seu próprio comportamento de navegação: Eu, quase sempre olho todas as imagens de um produto. Use as imagens para vender junto com a descrição.

É importante dizer que há alguns momentos em que você deve quebrar esta regra. Se você estiver vendendo produtos high-end como TVs ou bons sistemas de som, mais Copy e características são necessárias para que as pessoas possam fazer comparações. Produtos que são semelhantes, geralmente exigem mais foco sobre as características.

[Tweet “Sempre conheça sua audiência para saber quais regras pode quebrar.”]

Se você não tiver certeza, teste para ver o que converte melhor, mas certifique-se de mudar apenas um (1) elemento da página do produto de cada vez, para que possa isolar o que funciona ou não.

#4. Imagens são ainda mais importantes

Você não só deve usar as imagens do produto em si, mas também tentar demonstrar o produto em ação, ou usar imagens para vender a vida que seus clientes querem.

Suas imagens devem provocar emoções, assim como seu Copy ou descrições. Por exemplo, pense novamente nos fones de ouvido. Sim, eu gostaria de ver fotos do fone de ouvido que eu estou comprando, mas se você me mostrar uma foto de alguém calmo enquanto há um turbilhão e barulho, eu vou me identificar com a foto e realmente quero ter esta calma.

Espelhe seus clientes e usuários em suas fotos, para que possam entrar na foto e ver-se usando o produto.

#5. Reduza as barreiras do Checkout

Preferencialmente, sua plataforma de loja virtual deve permitir que o visitante faça checkout e/ou seja fácil o registro no processo de checkout.

[Tweet “Se você puder reduzir as barreiras para a compra, as conversões vão aumentar.”]

Mantenha apenas o que é absolutamente necessário em seu checkout. Oriente as pessoas no sentido de completar o processo de checkout o mais rápido e fácil possível.

#6. Simplifique a navegação

Muitas plataformas de comércio eletrônico oferecem funções de busca de produtos ou widgets. Use-os. Isso ajuda os que estão apenas vendo também. Tenha em mente que, a primeira vez que eles não conseguirem encontrar um produto ou ficarem frustrados por utilizar o seu site, provavelmente sairão e nunca mais irão voltar.

Você já fez a parte mais difícil, levando-os para o seu site, por isso, certifique-se de que eles ficarão lá e encontrar algo para comprar.

Inclua categorias na navegação e, se possível, tenha uma trilha de navegação de categorias (breadcrumbs) no topo da página.

#7. Ocultar e Renomear campos de cupom no carrinho

Esta dica é um pouco contra-intuitiva para muitas pessoas (eu sei), mas imagine que você é um cliente por um minuto. Você gostaria de descontos, né? Os descontos são ótimos. No entanto, você provavelmente não tem um código de cupom. Se você se depara com espaço para cupom na página de compras, ou carrinho, o que você faz? Eu, algumas vezes deixei aquela página e saí à caça de um cupom de desconto, em sites de cupons, no Google, etc. Você não quer que seu cliente faça isso, certo? Então, não vamos permitir que estes os clientes nos deixem tão facilmente.

Há algumas maneiras de lidar com isso. Primeiro, você pode editar sua página de de carrinho para ocultar o campo de cupom. Fazendo assim, os clientes serão menos propensos a deixar a página, com as informações de pagamento que já digitou, durante o processo de checkout. Você também pode diminuir esta tendência, renomeando o campo. “Cupom” soa como algo que eles deveriam ter, ou procurar, mas se você mudar o nome deste campo para “Ofertas Promocionais”, “Códigos de Desconto”, ou algo semelhante. Os clientes que já tenham cupom, saberão, mesmo renomeado, onde colocar a informação, mas menos pessoas vão abandonar carrinhos para procurar por cupons de desconto, caso não tenham.

Sei que isso parece uma coisa sem importância, mas é um fato. Como eu disse, eu mesmo já fiz isso algumas vezes.

Em breve vamos publicar um tutorial sobre como fazer isso com WooCommerce. Se quiser saber mais sobre isso, leia este artigo da KISSmetrics (em inglês).

#8. Alavancagem do Medo

As pessoas odeiam perder algo ou se sentir como se deixassem uma oportunidade escorregar de suas mãos. Então, use isso ao seu favor. Se você pode exibir mensagens de estoque baixo, faça isso. Isso é um argumento de persuasão proposto por Cialdini, chamado escassez. Isso cria um senso de urgência e pode empurrar as pessoas que estão em cima do muro na compra, para que não perca um acordo ou item que elas querem.

Isso também funciona bem com promoções programadas, como a oferta de frete grátis por alguns dias de um mês.

Faça as pessoas sentirem que precisam comprar agora, aproveitando a tendência humana de aversão à perda.

#9. Demanda

A última coisa que você deve estar consciente, são suas chamadas para a ação “CTA – Call-To-Actions”. Se você não pedir por uma venda, então você não vai obtê-la. Peça ao cliente para fazer o que você quer que eles façam, e torne isso óbvio.

Quer acrescentar algo ao meu carrinho ou checkout? Certifique-se que eu sei que é o que eu deveria fazer em seguida!

Em caso de dúvida, sempre teste mudanças no site, uma de cada vez, e tenha em mente que os sites mais simples tendem a converter melhor do que site mais complexos.

Mantenha sempre a experiência e ponto de vista do seu cliente em mente, mesmo que seja mais difícil ter esta mentalidade como proprietário de loja.

Sua carteira irá lhe dizer que valeu a pena.

Conclusão

Sei que algumas dicas que dei neste post são simples, outras nem tanto, mas pelo bem das suas conversões vale a pena testá-las.

O #WordPress como uma plataforma de e-Commerce pode atender muito bem suas demandas. Recomendo o plugin WooCommerce, pela simplicidade ao mesmo tempo o poder que oferece na execução de um site de comércio eletrônico. Aproveite para ler nosso Guia de Lançamento com conversões em mente e nossas dicas de CRO (otimização da taxa de conversão) para WordPress.

Aumentar sua taxa de conversão não será difícil, se apenas colocar um pouco de atenção nisso. Às vezes, pequenas alterações no site, como a questão do campo de cupom, podem fazer uma diferença significativa nos seus resultados.

Nunca perca o foco de que resolver o problema do cliente é mais importante do que vender seu produto! Tudo que o cliente precisa é de uma vida melhor, e você deve mostrar como é capaz de entregar isso a ele.

Espero que estas dicas tenham sido úteis para você. Se foram, deixe um comentário abaixo.

Agora, apenas se você gostou, tenho certeza que seus amigos vão gostar duplamente, primeiro pelas dicas em si, e especialmente por você ter compartilhado-as com eles. Utilize os ícones sociais abaixo para compartilho, é bem fácil.

Se você não quer perder mais nenhuma dica ou atualização, inscreva seu e-mail ao lado.

Até breve,

Asllan Maciel

 

Comment (1)

  1. Evandro Milani

    Cara, excelente Post, me fez rever alguns conceitos de Textos. Sim, dar menos detalhes e mais motivos, deve ter mais efeito. Muuuuuuito bom. As vezes na correria e ansiedade, não vemos os detalhes, precisamos de mentes como a tua para o refino necessário. SHOW.

Deixe seu comentário aqui...

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site (por meio de análise), mostrar a você conteúdo de mídia social e anúncios relevantes. Por favor, consulte nossa página Termos & Políticas para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'. OBS: Ao continuar a navegação, você, automaticamente, concorda.

Configurações de Cookies

Abaixo, você pode escolher os tipos de cookies que quer permitir neste site. Clique no botão "Salvar Configurações de Cookies" para aplicar sua escolha.

FuncionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalíticoNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de a.o. a usabilidade.

Mídia SocialNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

PublicidadeNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, mídia social ou publicidade.