Blog

Por que o WordPress é livre? E quais são os custos? Qual é o Truque?

WordPress Livre
Guias para Iniciantes

Por que o WordPress é livre? E quais são os custos? Qual é o Truque?

Uma das perguntas mais frequentemente dos novos usuários é “Eu tenho que pagar para usar o WordPress?”. Nós dizemos que o WordPress é um software livre e de código aberto, o que é geralmente seguido por: “Por que o WordPress é livre?”. Neste post, vamos discutir por que o WordPress é livre, os custos de funcionamento de um site WordPress, e qual é o truque.

O WordPress é um software de código aberto. Ele é livre no sentido de liberdade, não totalmente no sentido de grátis. Você pode perguntar: qual é a diferença? O Software de código aberto vem com liberdade para você usar, modificar, construir em cima, e redistribuir o software de qualquer maneira que você preferir. No entanto, pode haver custos envolvidos em algum momento. Vamos discutir o custo de usar o software de código aberto WordPress, mais adiante neste artigo.

Por que não eles vendem o WordPress como um Software?

Nós, muitas vezes nos perguntamos por que as pessoas e empresas por trás do WordPress não o vendem? Se o WordPress é tão bom como todos dizem, então, obviamente, ganhariam muito mais dinheiro vendendo-o. Esta declaração faria sentido, se apenas uma única empresa ou pessoa pertencesse o WordPress.

WordPress é um projeto da comunidade de código aberto, onde dezenas de milhares de pessoas talentosas têm contribuído para torná-lo o grande software que é hoje. Há uma equipe desenvolvedores que conduzem o desenvolvimento do projeto, mas qualquer pessoa pode contribuir com correções, relatando bugs, sugerindo funcionalidades, etc. Além disso, os líderes do projeto mudam de uma versão para outra. Se você se envolver na comunidade, então poderá facilmente tornar-se um colaborador do núcleo do WordPress.

A filosofia por trás do movimento de software Open Source é que o software não é como outros produtos tangíveis. Uma vez que o software é criado, ele pode ser copiado muitas vezes com baixíssimo custo. Tomemos como exemplo uma fábrica de brinquedos. Cada brinquedo fabricado tem diferentes partes e cada parte tem um custo. O custo de fabricação dessas peças pode ser calculado pela fábrica para decidir uma margem de lucro razoável para o produto. Por outro lado, o custo de criação de um software e fazer cópias deste, não é o mesmo. Alguns grupos acreditam que, a cada cópia vendida, a margem de lucro do software torna-se mais injusta.

Para entender mais sobre Software de Código Aberto, confira Filosofia do GNU .

Como as pessoas ganham dinheiro com o WordPress

A parte rentável principal de qualquer software open source, é a do fornecimento de produtos ou serviços com base no mesmo software de código aberto. As pessoas muitas vezes confundem com WordPress com WordPress.com. O WordPress (muitas vezes referido como WordPress Auto-hospedado ou WordPress.org ) é uma plataforma de blogs gratuita. Matt Mullenweg, desenvolvedor co-fundador do WordPress, lançou uma empresa, a Automattic, que fornece serviço de hospedagem “restrita” de blog no WordPress.com, onde você pode pagar/fazer upgrade, para desbloquear alguns recursos como a modificação do CSS, etc. No entanto, para obter o poder total do WordPress.org no serviço WP.com, você tem que gastar mais de $3250 por mês pela  hospedagem.

Outros desenvolvedores têm contruído empresas de sucesso, de vários milhões de dólares, com o WordPress, criando plugins comerciais, temas comerciais e até mesmo oferecendo hospedagem para WordPress. Um exemplo de um negócio de milhões de dólares e de muito sucesso ao redor do WordPress é a StudioPress. Eles criam belos temas pagos para WordPress. Outras empresas de temas de vários milhões de dólares seriam a ElegantThemes, WooThemes, iThemes, entre outras.

Os temas não são a única maneira de fazer um negócio bem sucedido em torno do WordPress. Toneladas de grandes autores de plugin tem empresas de sucesso também. Gravity Forms, BackupBuddy, Sucuri, SlideDeck, etc. Outro exemplo seria a WPEngine, uma empresa de hospedagem gerenciada para WordPress que tem levantado mais de US$ 1,2 milhões. Eles construíram um negócio bem sucedido em torno do WordPress.

Bons desenvolvedores e consultores WordPress também tem um bom rendimento full-time com a construção de sites personalizados, aplicativos e plugins em torno do WordPress para seus clientes. Alguns deles estão fazendo seis dígitos.

O WordPress é livre de direitos?

Não, o WordPress não é livre de direitos (not copyright free). É licenciado de uma maneira que permite a todos usá-lo, mas cada contribuição para o software é protegida por direitos autorais. Ele é liberado sob a licença GPL, então você é livre para usar, modificar e redistribuir o código. Você terá os direitos autorais de modificações feitas no software e não no código inteiro. A GPL exige que qualquer trabalho derivado de liberar ou distribuir deve ser licenciado sob a GPL também. Então, você pode ter os direitos autorais para fazer o que quiser, o seu trabalho derivado herda automaticamente a licença GPL para que os outros sejam livres para usar, modificar e redistribuir o código da maneira que escolher.

Isso significa que todos Temas Premium e Plugins WordPress são licenciados GPL?

De acordo com um post no blog oficial em WordPress.org, temas são GPL também. Imagens, CSS e Javascript usados dentro de temas e plugins podem ser excluídos, mas todos as partes PHP e HTML de temas e plugins, extensivamente usa a funcionalidade do WordPress, portanto, eles são uma obra derivada, portanto, está licenciado sob a GPL. No entanto, a indústria de tema e plugin premium tem crescido muito, e algumas pessoas não concordam com isso. Empresas WordPress de confiança, entretanto, seguem e respeitam as regras da comunidade.

Os conteúdos publicados com WordPress também herdam GPL?

Não, você tem direito a licenciar seu conteúdo da forma que preferir. A não ser que o conteúdo que você está publicando seja realmente uma obra derivada do WordPress ou qualquer outro trabalho sob licença GPL. Por exemplo, se você estiver escrevendo um post no blog mostrando às pessoas como usar uma função WordPress com exemplos, então esse post no blog pode ser licenciado de forma diferente. Mas o código usado nos exemplos é realmente trabalho derivado e automaticamente herda a licença GPL.

Trademark WordPress

O código do WordPress como um software é liberado sob a GPL, mas as palavras do WordPress, WordCamp e o logotipo do WordPress são marcas registradas de propriedade da Fundação WordPress. Para distinguir entre um site ou recurso que é oficial ou da comunidade, a fundação pede as pessoas para não usarem o “WordPress” em seu nome de domínio. Esta é a razão por que nosso site é chamado WP24Horas em vez de WordPress24Horas. Qualquer site, curso de formação, ou recurso onde você se depara com “WordPress” em seu nome de domínio é, provavelmente, executado por alguém que não sabe o suficiente sobre o WordPress. Isso significa que você provavelmente não deveria investir nenhum dinheiro neles! 🙂

A maioria das empresas legítimas construídas em torno do WordPress estão cientes das políticas de marcas registradas e respeitam as regras.

Custo de usar WordPress

O WordPress como software, é livre para você baixar e usar. No entanto, para usar o WordPress na web, você vai precisar de uma Hospedagem para WordPress. Você pode usar o WordPress.com para criar um blog gratuito, mas esteja ciente de que existem algumas diferenças – WordPress.org vs WordPress.com [infográfico]. O custo de usar o WordPress é relativamente mínimo e é verdade que para qualquer outro tipo de site também. O único custo real é de hospedagem e domínio.

Os custos adicionais seriam para temas WordPress comerciais. No entanto, você não é obrigado a usá-los. Há +1.600 temas WordPress gratuitos que você pode usar.

As pessoas costumam usar plugins comerciais, mas você não é obrigado a usá-los também. Existem mais de 23.000 plugins WordPress gratuitos .

Então, por que as pessoas compram temas ou plugins comerciais? Temas Gratuitos estão sendo usados ​​em todos os lugares. Para ter um design pouco mais exclusivo, as pessoas muitas vezes compram um tema comercial “premium”. Outra razão para comprar um tema ou um plugin pago é para obter suporte. Desenvolvedores de temas e plugins gratuitos não são obrigadas a oferecer suporte ou atualizações, pois geralmente fazem porque gostam. No entanto, provedores de temas e plugins comerciais oferecem suporte e atualizações regulares, pois é o seu negócio.

Esperamos que este artigo responda algumas perguntas sobre o licenciamento do WordPress, os custos de funcionamento de um site WordPress, e os negócios em torno do WordPress. Sinta-se livre para adicionar seus comentários, perguntas e comentários abaixo.

Deixe seu comentário aqui...

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Nosso site usa cookies e, portanto, coleta informações sobre sua visita para melhorar nosso site (por meio de análise), mostrar a você conteúdo de mídia social e anúncios relevantes. Por favor, consulte nossa página Termos & Políticas para mais detalhes ou concorde clicando no botão 'Aceitar'. OBS: Ao continuar a navegação, você, automaticamente, concorda.

Configurações de Cookies

Abaixo, você pode escolher os tipos de cookies que quer permitir neste site. Clique no botão "Salvar Configurações de Cookies" para aplicar sua escolha.

FuncionalNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.

AnalíticoNosso site usa cookies analíticos para permitir a análise de nosso site e a otimização para o propósito de a.o. a usabilidade.

Mídia SocialNosso site coloca cookies de mídia social para mostrar conteúdo de terceiros, como YouTube e Facebook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

PublicidadeNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, mídia social ou publicidade.